Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Serviços de Psicologia - DAEST
Início do conteúdo da página

SERVIÇO DE PSICOLOGIA - DAEST

Publicado: Sexta, 15 de Março de 2019, 13h54 | Última atualização em Sexta, 15 de Março de 2019, 13h59 | Acessos: 566

SERVIÇO DE PSICOLOGIA

 A partir das diretrizes da atenção estabelecida pelo PNAES, Plano Nacional de Assistência Estudantil, através do Decreto nº 7.234/2010, as atividades, ações e atendimentos do Serviço de Psicologia integra o eixo Saúde do referido decreto e são voltados para estudantes de graduação regulamente matriculado em curso presencial na UFAM prioritariamente àqueles oriundos da rede pública de educação básica ou com vulnerabilidade socioeconômica visando ampliar as condições de permanência dos discentes na educação superior pública federal.

O Serviço de Psicologia do Departamento de Assistência Estudantil – DAEST oferece as seguintes atividades e ações:

 

1) Acompanhamento Psicológico Individual

Consiste em uma abordagem de acompanhamento psicológico breve que se dão em encontros semanais e tem por objetivo proporcionar suporte psicológico aos estudantes que apresentam perda de qualidade na vida acadêmica em decorrência de sofrimento ou conflito psicológico.

Para solicitar esse tipo de atendimento o estudante deve preencher o formulário no google formes de solicitação de atendimento psicológico que está disponível no link https://docs.google.com/forms/d/17NHn7Lz8kDdT0CGdli3XGUKG4473567w83v6HZ8dvAg. Os atendimentos ocorrem apenas nas segundas e quartas-feiras pela manhã e tarde no DAEST/PROGESP. Após o recebimento dos formulários o Serviço de Psicologia entrará em contato via e-mail ou telefônico com o discente para agendar uma escuta psicológica inicial. O atendimento é de aproximadamente 45 minutos, podendo haver encaminhamentos para acompanhamento no DAEST, para profissionais de outras áreas dentro ou fora da instituição. Esclarecemos que essa primeira escuta não quer dizer que o discente irá ficar em acompanhamento psicológico individual pelo DAEST os psicólogos avaliarão cada caso.

 

2) Plantão Psicológico - PC


É uma modalidade de intervenção psicológica que consiste em atendimento emergencial através de uma escuta focada em um assunto que vem imobilizando. Com uma demanda focal, o estudante trará seus questionamentos e através da escuta psicológica qualificada e não-julgadora será construído conjuntamente estratégias de autoconhecimento, fortalecimento e enfrentamento das adversidades que o estudante vivencia em seu cotidiano. É um atendimento psicológico emergencial, individual, pontual, único e de procura espontânea pelo aluno diferenciando do que ocorre na psicoterapia, onde há um aprofundamento de aspectos pessoais. O atendimento é de aproximadamente 45 minutos, podendo haver encaminhamentos para acompanhamento no DAEST, para profissionais de outras áreas dentro ou fora da instituição.

 Para esse serviço não é necessário agendamento prévio e nem fixação de rotinas posteriores. O estudante pode comparecer no local abaixo, verificar os horários disponíveis e comparecer no horário que preferir. Informamos que cada estudante tem direito a no máximo cinco atendimentos no Plantão Psicológico por ano porque o objetivo desse serviço é acolher o indivíduo em situação de emergência psicológica.

O Plantão psicológico ocorre nas sextas-feiras pela manhã de 9h às 11h e a tarde de 14h às 16h na Sala de Reunião, 3º andar, Bloco 1 - ICB no Minicampos.

 

3) Terapia Comunitária Integrativa – TCI

A TCI é uma modalidade terapêutica que consiste em um espaço de acolhimento do sofrimento, partilha das inquietações, problemas ou situações difíceis, tanto quanto alegrias, vitórias ou histórias de superação. A TCI tem caráter preventivo, não curativo. Cada um torna-se terapeuta de si mesmo, a partir da escuta das histórias de vida que ali são relatadas. Uma Roda de terapia comunitária é uma prática de cuidado de saúde em grupo para a escuta, acolhimento e partilha de problemas que muitas vezes são causadores de adoecimento mental como ansiedades, estresse, perdas de sono, tristeza profunda, dentre outros que afetam as pessoas em vários momentos da vida, podendo provocar agravos a sua saúde física e mental. Tem como objetivo promover a saúde mental dos estudantes universitários, propiciar a criação de redes de apoio, o resgate da autoestima e a redução das angústias e ansiedades do cotidiano, do trabalho e da vida acadêmica a fim de que os participantes das rodas de terapia possam construir uma rede de relações grupais que se configurem em rede de apoio e desenvolvimento individual e comunitário.

A TCI se apoia em cinco pilares teóricos: a pedagogia de Paulo Freire, a resiliência, a antropologia cultural, a teoria da comunicação humana (ou pragmática da comunicação humana), e o pensamento sistêmico. As pessoas sentam-se lado a lado, em roda, de modo que seja possível a visualização dos participantes entre si. Tais encontros de acordo com o fundador da TCI Adalberto Barreto se desenvolvem em cinco etapas, a saber: acolhimento, escolha do tema, contextualização, problematização e encerramento.

Os grupos são abertos (limitado o número de participantes apenas pela configuração do espaço físico), havendo a possibilidade de variação de participantes a cada encontro (em número e identidades), ou seja, uma vez participando de uma Roda, não há obrigatoriedade de comparecimento a todas as outras.

As Rodas de terapia acontecem quinzenalmente e tem a duração de aproximadamente 1 hora e 30 minutos e são conduzidas pelos psicólogos do DAEST. Para participar não precisa de agendamento prévio basta comparecer no local e horário divulgado na página do Facebook do DAEST. 

 

4) De Bubuia

 No espaço da universidade há várias atividades que demandam dedicação e atenção total dos estudantes. No meio destas demandas, faz-se necessário ter um tempo para arejar as ideias, descansar e relaxar entre os intervalos das aulas. Assim, é importante que se tenha espaço dentro da Universidade em que os discentes possam utilizar com essa finalidade principalmente para aqueles que estudam em tempo integral, pois esses espaços potencializam cuidados em saúde mental.

Dessa forma, o De Bubuia tem como objetivo proporcionar espaço de descanso e relaxamento visando o cuidado e a promoção em saúde mental dos discentes.

Em breve informaremos local e horários de funcionamento.

 

O que o serviço de Psicologia não realiza?

            No intuito de atender ao estudante de maneira integral possuímos diversas atividades. Entretanto, é importante explicitar atividades que NÃO são realizadas por não ser competências ou estar ligadas a proposta do PNAES tais como: diagnóstico psicológico, avaliação psicológica de qualquer fim (exceto para orientação profissional), acompanhamento de familiares, terapia de casal ou familiar, psicoterapia de apoio de longa duração, resolução de conflitos psicopedagógicos, atividades específicas envolvendo psicologia organizacional e psicologia jurídica.

 

 

Psicólogos:

Josiane de Souza Medeiros CRP 20/04444

Vinicius Padilla CRP 20/02955

 


 

Fim do conteúdo da página